PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

terça-feira, novembro 12, 2013

QUEM LÊ TANTA NOTÍCIA?

SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS

12 de novembro de 2013
O Globo

Manchete: Devastação da Amazônia deve crescer 20% este ano
Satélites registram a derrubada de grandes áreas verdes no Pará e no Amazonas

Após quatro anos de queda no desmatamento, Ibama e PF tentam conter nova ação dos madeireiros

O desmatamento na Amazônia Legal deverá voltar a crescer este ano, o que não ocorria desde 2009. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, admitiu que voltaram a ocorrer grandes desmatamentos no Pará, em áreas acima de mil hectares. Os números oficiais só saem no fim do mês, mas o governo prevê, com base em dados de satélites, um aumento de até 20% na área devastada em relação ao ano anterior. A ONG Imazon fala em 92%. Para mostrar que continua a agir contra os madeireiros, o governo deverá divulgar esforços feitos por Ibama, Polícia Federal e Força Nacional de Segurança Pública. (Pás. 01 e 3)
Desolação nas Filipinas
Quatro dias após a passagem do supertufão Haiyan, as Filipinas ainda calculam os estragos. O tufão destruiu até 80% das construções nas áreas por onde passou, afetando 9 milhões de pessoas. Os mortos devem chegar a 10 mil. O presidente Benigno Aquino, criticado por prever que a tempestade não deixaria vítimas, deslocou centenas de soldados para a área afetada com o objetivo de deter saques. (Págs. 01, 26 e 27)
Tufão sacode reunião do clima (Págs. 01 e 29)

China abre 15% do capital de estatais
Em novo movimento de reforma da economia, a China permitirá que as empresas privadas comprem participações de até 15% nas suas companhias estatais. Estas têm hoje ativos da ordem de US$ 7,35 trilhões e dominam setores como o bancário, de energia, montadoras e telecomunicações. Segundo analistas, o governo chinês busca tornar suas empresas mais racionais com a ajuda do capital privado, dando retorno ao Estado. Na Índia, o governo retomou seus planos de vender ações de duas estatais, uma refinaria e uma mineradora, para levantar US$ 2,3 bilhões e melhorar as finanças públicas. (Págs. 01 e 22)
Enquanto Isso...Maduro decide limitar lucro na Venezuela (Págs. 01 e 22)

Disputa interna no PT: Petistas denunciam compra de votos
Candidatos de correntes de esquerda à presidência do PT dizem que, às vésperas da eleição interna, 311 mil filiados tiveram mensalidades quitadas. Rui Falcão deve ser reeleito em 1º turno. (Págs. 01 e 06)
Carona em xeque: Comissão vai investigar Ideli (Págs. 01 e 04)

De novo na Justiça: OSX, de Eike, pede proteção judicial
Após a OGX (petroleira de Like) pedir recuperação judicial, sua empresa-irmã, a OSX, do setor naval, repetiu o caminha Dona do estaleiro no Porto do Açu, a OSX tem dívidas de R$ 4,3 bi, que, somadas às da OGX, totalizam R$ 15,5 bi. (Págs. 01 e 21)
Colunistas
Ancelmo Gois
Órfãos de Amarildo buscam tratamento para a mãe. (Págs. 01 e 14)

José Casado
O jogo político na Educação em ano eleitoral. (Págs. 01 e 19)

Arnaldo Jabor
O mal é o bem ou o bem é o mal? (Págs. 01 e Segundo Caderno)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Quadrilha é acusada de cobrar para zerar dívidas de IPTU
Investigação aponta que suspeitos de fraude do ISS rebaixavam padrão de prédios de luxo para reduzir valor venal

A quadrilha acusada de desviar até R$ 500 milhões de ISS em São Paulo também é suspeita de receber propina para zerar dívidas milionárias de IPTU, omitir do cálculo do imposto acréscimos de área em reformas feitas por grandes empreendimentos, como supermercados e shoppings, e rebaixar a classificação de imóveis de luxo para diminuir o valor venal no ato da concessão do alvará de conclusão da obra. Os golpes aparecem em material apreendido pelo Ministério Público Estadual com o auditor fiscal Luís Alexandre Cardoso Magalhães, que aceitou delatar o esquema criminoso aos promotores, e com Vanessa Alcântara, sua ex-namorada. O grupo teria contado com a ajuda de ao menos um procurador do Município lotado na Secretaria de Finanças. Conversas gravadas pelo próprio Magalhães mostram o auditor dizendo a outros integrantes da quadrilha ter todas as certidões negativas de débito de empresas que conseguiram zerar o imposto. (Págs. 01 e Metrópole A13 e A14)
Planalto e Lula agem para acalmar Kassab
O Palácio do Planalto e o ex-presidente Lula enviaram ontem emissários para acalmar 0 ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), depois da troca de acusações com Fernando Haddad (PT). A ordem é agir para “administrar" a crise e manter o silêncio sobre as acusações que envolvem o potencial aliado do PSD no escândalo da máfia dos fiscais. Em conversa reservada, porém, Dilma disse a Haddad que não abra mão de combater a corrupção na Prefeitura. A orientação contrasta com comentários de ministros do PT e dirigentes do partido, para quem 0 prefeito agiu de forma "afoita". (Pág. 01 e A08)
Emenda de deputado pagava obra da ‘Máfia’
Seis deputados federais eleitos por SP direcionaram emendas, no valor de R$ 5,9 milhões, para obras tocadas por empresas acusadas de envolvimento na Máfia do Asfalto. Documentos obtidos pelo Estado mostram o esforço dos parlamentares para que os Ministérios das Cidades e do Turismo liberassem o dinheiro para os municípios, que, mais tarde, contratavam as empreiteiras envolvidas no esquema. Os deputados são citados em planilha apreendida pela Polícia Federal. (Págs. 01 e Política A4)
Presidente do Cade recebe advertência
Por unanimidade, a Comissão de Ética Pública da Presidência decidiu aplicar advertência ao presidente do Cade, Vinícius de Carvalho. O Estado revelou que ele omitiu em currículos ter trabalhado para o deputado estadual Simão Pedro (PT), responsável por representações que apontavam suspeitas em contratos do metrô e da CPTM. (Págs. 01 e Política A7)
Filho de Lula perde passaporte diplomático
A Justiça Federal declarou nulo o passaporte diplomático de Luis Cláudio Lula da Silva por considerar a emissão “absolutamente irregular” (Págs. 01 e Política A5)
Congresso prevê alta de gasolina e mais imposto
Parecer da Comissão Mista de Orçamento do Congresso, a ser votado hoje em plenário, prevê aumento da carga tributária e uma nova política de preços da Petrobrás para 2014. Deputados e senadores também estimam inflação maior e crescimento econômico mais modesto. A previsão é de pagamento de 2,9 bilhões em dividendos das estatais, principalmente por causa da “correção dos preços” de combustíveis. (Págs. 01 e Economia B1)
OSX, de Eike, pede recuperação judicial
Com dividas de R$ 4,2 bilhões, a OSX, braço de construção naval do grupo EBX, de Eike Batista, seguiu os passos da petroleira OGX e formalizou no TJ do Rio pedido de recuperação judicial (Págs. 01 e Economia B9)
Após tufão, Filipinas adota toque de recolher (Págs. 01 e Internacional A10)

China facilita entrada de capital privado (Págs. 01 e Economia B7)

Dora Kramer: Exército do surfe
No discurso feito no dia da eleição para a presidência do PT, Lula atuou na “pegada” da pesquisa que indica perda de apoie entre os jovens. (Págs. 01 e Política A6)
Celso Ming: Rombo? Deixa pra lá
O governo se surpreendeu com o rombo de R$ 47 bilhões no seguro-desemprego. Agora prefere que o assunto morra porque as eleições vêm aí. (Págs. 01 e Economia B2)
Arnaldo Jabor: Há bens que vêm para o mal
O mal é o bem ou o bem é o mal? Antes, era mole. O, mal era o capitalismo, o bem o socialismo. Agora, se não houver mal claro, como seremos “bons’? (Págs. 01 e Caderno 2 C8).
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Voos nada éticos complicam Ideli 
João Valadares

A Comissão de Ética da Presidência da República deu 10 dias para que a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvattí (foto), se explique sobre o uso de helicóptero da Polícia Rodoviária Federal para visitar obras e redutos eleitorais em Santa Catarina. A decisão foi tomada após o Correio revelar que entre as prioridades da aeronave estão o resgate e o atendimento médico de urgência pelo Samu. Em três dias deste ano, quando estava à disposição da ministra, houve 116 acidentes, com 63 feridos e dois mortos no estado. Em nota conjunta, Ideli e o Ministério da Justiça negaram haver convênio entre a PRF e o Samu, mas o serviço contestou a informação, dizendo que o vínculo segue em pleno vigor. Na Câmara dos Deputados, a oposição anunciou que pedirá o afastamento imediato da ministra durante as investigações do caso.(Págs. 01, 02 E 03)
Crime na estrada
A lista de irregularidades não para de crescer: ônibus sem documentos, motorista com a carteira vencida e excesso de passageiros são algumas delas. O acidente que matou duas jovens em Luziânia (GO) é um retrato da precária situação do transporte no país e provoco a revolta da família de Gleycianne, 17 anos, enterrada (foto) em Taguatinga. O condutor do veículo vai depor hoje. (Págs. 01, 26, 27 E VISÃO DO CORREIO, 14)
Alvarás: prisão de suspeitos é prorrogada
Justiça amplia em mais cinco dias a detenção temporária de Carlos Alberto Jales e Carlos Sidney de Oliveira. Ex-administradores de Taguatinga e de Águas Claras, eles são acusados de chefiar máfia que vendia alvarás de construção nas duas cidades. (Págs. 01 e 21).
Dólar eleva passagens
Em pouco mais de 20 dias, a moeda americana passou de R$ 2,16 para R$ 2,330, encarecendo principalmente as viagens ao exterior. Especialistas recomendam cautela nas compras lá fora, sobretudo com cartão de crédito.(Págs. 01 e 08)
Devastada, Filipinas pede ajuda
Ainda sem saber quantas pessoas morreram na passagem do tufão Haiyan — o número, estima-se, passa de 10 mil -, o país apela por comida, água e recursos para reconstruir as cidades.(Págs. 01 e 16)
------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: