PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

sexta-feira, dezembro 20, 2013

QUEM LÊ TANTA NOTÍCIA?

SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS

20 de dezembro de 2013
O Globo

Manchete: Salários em alta: Serviços e turismo fazem a renda no Rio passar a de SP
Média salarial do carioca chega a R$ 2.120; dos paulistas vai a R$ 2.093.

Aumento no Rio foi de 4,1% em novembro, puxado por setores como educação, saúde, hotelaria, transportes e administração pública.

O aquecimento dos setores de serviços e turismo fez a renda média do trabalhador da Região Metropolitana do Rio ultrapassar a da Grande São Paulo pela primeira vez desde fevereiro de 2012, segundo o IBGE. Ela chegou a R$ 2.120,10 em novembro, alta de 4,1% frente aos R$ 2.036,46 de outubro. Em São Paulo, o valor foi de R$ 2.093,40, um aumento de 1,5%. No Rio, o salário médio, que é o maior do país, aumentou em setores como educação, saúde, hotelaria e administração pública. (Págs.1 e 25)


Desemprego em baixa

4,6%

Com menos brasileiros buscando uma vaga, o desemprego caiu de 5,2% em outubro para 4,6% em novembro, a menor taxa desde 2012. E a renda avançou 2%. (Págs. 1 e 25)



Efeito da mudança nos EUA

R$ 2,35

Um dia após o BC dos EUA anunciar redução gradual nos estímulos à economia, o dólar subiu 0,29%, a R$ 2,35. Na Bolsa, a reação foi de otimismo: alta de 2,12%. (Págs. 1 e 26)

Defesa nacional: Brasil pode comprar mais caças
Além da compra de 36 caças suecos Gripen NG por US$ 4,5 bilhões, o comando da Aeronáutica prevê a aquisição de mais cem aeronaves. O negócio, no entanto, dependerá do desenvolvimento do acordo com a Saab, fabricante do equipamento, e da disponibilidade de caixa. Hoje, de 624 aviões da FAB, 346 estão fora de serviço. (Págs.1 e 5)

EUA estão desapontados, afirma diplomata (Págs. 1 e 6)

Reforma ministerial: Mercadante assumirá a Casa Civil
Alçado à condição de um dos principais auxiliares da presidente Dilma, o ministro Aloizio Mercadante (Educação) assumirá a Casa Civil na reforma que será feita no início de 2014. Gleisi Hoffmann, atual ministra da pasta, vai disputar o governo do Paraná. (Págs.1 e 3)
Queda de braço: União Europeia vai à OMC contra Brasil
A União Europeia iniciou ontem disputa com o Brasil na OMC, contestando barreiras comerciais contra carros e produtos eletrônicos. (Págs. 1 e 30)
Parecer do procurador: Jefferson pode ficar em cadeia no Rio
Em parecer, o procurador-geral afirma que presídios do Rio podem garantir tratamento médico ao delator do mensalão, Roberto Jefferson. (Págs. 1 e 8)
Mudanças na ilha: Cuba libera compra de carros novos
Pela primeira vez desde 1959, todos os cubanos terão direito a comprar veículos novos sem precisar de autorização do Estado. (Págs.1 e 33)
Bandeira branca içada: Maduro se reúne com opositores
No primeiro encontro com governantes da oposição, pressionado pela crise, o presidente da Venezuela ouviu críticas pesadas. (Págs. 1 e 31)
Pressão sobre o Planalto: Tarso só concorre se dívida for reestruturada
Governador diz que Estado será ingovernável se projeto não for aprovado. Rosane de Oliveira (Págs. 1 e 14)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Brasil quer caça emprestado para evitar falha na defesa
Doze aviões Gripen de geração anterior à dos comprados da Suécia seriam usados até pelo menos 2018

Os governos brasileiro e sueco negociam o arrendamento de 12 caças Gri-pen C/D para fazer a defesa aérea do Brasil durante os quatro anos em que os jatos de nova geração comprados na quarta-feira estiverem na linha de produção, informa Tânia Monteiro. A oferta havia sido feita pelo governo sueco durante o processo de escolha dos aviões, informou o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito. O valor da compra dos 36 caças Gripen NG será de US$ 4,5 bilhões, mas o leasing do modelo C/D será negociado separadamente. O arrendamento será feito em razão da desativação dos caças Mirage 2000, no dia 31. Com isso, o País contará apenas com os F-5M, de desempenho menor, na defesa do espaço aéreo de Brasília. Quando os NG chegarem, a partir de 2018, os C/D serão devolvidos. (Págs. 1 e Política A4)

Voo do adeus

Em meio à rotina de guerra do Grupo de Defesa Aérea, pilotos se despedem dos Mirages 2000C/B, que voarão até o dia 31. (Págs. 1 e A6)
Quadrilha teria vendido prova do Enem por até R$ 100 mil
A PF investiga uma quadrilha acusada de vender o gabarito do Enem deste ano a estudantes de Minas Gerais. Entre 100 e 150 pessoas teriam pago até R$ 100 mil pela solução da prova. Segundo a polícia, o exame foi repassado por um fiscal. Uma pessoa então solucionou a prova e mandou o gabarito para o bando. As respostas teriam sido enviadas para os estudantes por ponto eletrônico. O Inep, responsável pelo exame, não informou se o Enem pode ser cancelado. (Págs. 1 e Metrópole A16)
Eleição na USP

O reitor da USP, João Grandino Rodas, classificou como “rasteira" a campanha eleitoral na instituição, que teve ontem a votação da lista tríplice de candidatos a reitor e vice. (Págs. 1 e A17)
Europeus vão à OMC contra isenções do País
A União Europeia acionou a Organização Mundial do Comércio (OMC) contra o que chamou de medidas protecionistas do Brasil para beneficiar a indústria local, especialmente a automobilística. Estratégias como a redução do IPI para carros afetariam os interesses de montadoras estrangeiras, dizem os europeus. (Págs. 1 e Economia B1)
Advocacia oferece a Dirceu salário de R$ 2,1 mil
O ex-ministro José Dirceu, preso pelo mensalão, recebeu nova proposta de trabalho, e a aceitou, com salário de R$ 2,1 mil - 10 vezes menos que o Saint Peter Hotel lhe havia oferecido. A oferta é da advocacia José Gerardo Grossi. (Págs. 1 e Política A7)
Pacote de Natal
Dilma, com Maluf e Haddad, anuncia plano para morador de rua. À tarde, prefeito criticou a Fiesp ao tratar da alta do IPTU. (Págs. 1, Política A8 e Metrópole A18)
Teatro desaba em Londres e fere 80 (Págs. 1 e Internacional A13)

Operação prende 19 por briga em Joinville (Págs. 1 e Esportes A24)

Desemprego de 4,6% é o menor da história (Págs. 1 e Economia B4)

Fernando Gabeira
Anjos e o intérprete no funeral

O que se vê no Brasil é uma falange de intérpretes de funeral criando uma versão para fatos consolidados, como o julgamento do mensalão. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)
Federico Finchelstein e Fabian Bosoer 
O fascismo está voltando?

Os populistas de direita na Europa são muito mais assustadores que seus congêneres latino-americanos. (Págs. 1 e Visão Global A15)
Antero Greco 
Vem aí Bagunção-2014?

Especialista diz que artigo fora de moda foi usado para condenar a Lusa. A tormenta no âmbito esportivo pode pegar de jeito o STJD. (Págs. 1 e Esportes A26)
Notas & Informações
Enfim, a compra dos caças

Grande mérito da presidente foi escrever o epílogo de uma história que se arrastava havia 12 anos. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Prepare-se: você vai ser Papai Noel dos distritais
Assim como os colegas federais, que se deram um presentão de R$ 16 milhões no apagar das luzes do recesso parlamentar, deputados já pressionam para a Câmara Legislativa seguir o mau exemplo e elevar em R$ 447,8 mil anuais a verba indenizatória no DF. Tudo, claro, com dinheiro que sai do seu bolso. (Págs. 1 e 21)
Fraude: Grupo quebrou sigilo do Enem
Ao desmontar esquema milionário de fraude a vestibulares de medicina em Minas e no Rio, polícia descobre que quadrilha comprou provas do Enem deste ano e revendeu por até R$ 100 mil a inscritos no exame. (Págs. 1 e 7)
Sem greve, mas com filas
Mesmo com o preço alto das passagens, 20,15% mais caras em dezembro, brasilienses lotam o Aeroporto JK neste fim de ano. Ontem, a espera nos balcões de embarque já era grande. A boa notícia é que não haverá greve dos aeroviários. (Págs. 1, 9 e 10)
É de lei: Noiva nervosa, vestido novo
Brasiliense decide: vestido de casamento é bem durável e deve ter prazo maior para troca. (Págs. 1 e 22)
Violência: Cadeia lotada de torcedores
Pelo menos 19 membros de organizadas do Vasco e Atlético-PR foram presos ontem devido à briga em Joinville. (Págs. 1 e Superesportes, Capa)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: Fraude no ENEM 
Bando que burlava vestibulares também vendia gabaritos do Exame Nacional do Ensino Médio

Depois de desbaratar uma quadrilha especializada em fraudar vestibulares de medicina em faculdades particulares de Minas e do Rio de Janeiro, prendendo 21 pessoas em 17 cidades, a Polícia Civil mineira descobriu que integrantes do esquema promoveram trapaça também no Enem. Segundo a investigação, um dos acusados confessou ter comprado provas de 2013 de um aplicador e repassado o gabarito por celular ou ponto eletrônico a candidatos dispostos a pagar entre R$ 70 mil e R$ 100 mil pelo serviço. Pelo menos 40 pessoas estariam relacionadas para receber as respostas do exame, que dá acesso a universidades federais em todo o país. Várias gravações telefônicas apontam a fraude e mostram nas palavras dos próprios agenciadores que a fragilidade da fiscalização era considerada um facilitador. Como o Enem é um exame nacional, o inquérito foi entregue à Polícia Federal, que assume a apuração do caso. (Págs. 1 e 17 e 18)
Só o emprego salva a economia 
Mesmo com PIB baixo, juro alto e ameaça inflacionária, taxa de desemprego de 4,6% em novembro é a menor da série histórica do IBGE. (Págs. 1 e 12)

Aviação: Acordo salarial cancela greve em aeroportos
Pilotos e comissários aceitaram propostas das companhias aéreas e cancelaram paralisação marcada para hoje. Maior procura por voos nesta época do ano, porém, não aliviará a situação. Confins deve bater recorde de passageiros até domingo. (Págs. 1 e 10)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Entrevista derruba secretário Damázio
Após forte repercussão por causa de declarações polêmicas ao JC, titular da Defesa Social por quase quatro anos se demite.

Palavras criam mal-estar

Ao falar de abuso de policiais para a série sobre Casa-grande & Senzala, ex-secretário ligou homossexuais à ideia de “desvio de conduta”. Mulheres, segundo ele, teriam fascínio por farda.

Reações foram intensas

Antes da renúncia, grupos ligados aos direitos humanos se reuniram para discutir medidas.
Nas redes sociais, críticas dominaram a cena.

Explicação por carta

Para entregar cargo, Wilson Damázio divulgou nota em que diz: “Declarações a mim atribuídas não constituem meu pensamento” e afirma que sai para proteger “o governo e seu legado”.

Substituição imediata

Ao aceitar a saída, governador assegurou que nada muda e nomeou Alessandro Carvalho (na foto, com Damázio) para a pasta. (Págs. 1 e Cidades 4 e 5)

Vereadores presos queriam R$ 2 milhões
Quantia seria preço para grupo aprovar empréstimo da Prefeitura de Caruaru. (Págs. 1 e 3 e 4)
Novo mínimo altera encargo com doméstica
Patrões terão que aumentar salário, horas extras e descontos do INSS e FGTS. (Págs. 1 e economia 3)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Renda permite o menor desemprego da história
Aumento de 9% no salário em um ano ajuda região metropolitana da Capital a ter, em novembro, taxa de 2,6%, a mais baixa desde que o IBGE começou pesquisa. (Págs. 1, 16 e 22)

Caças suecos: Fábrica do RS pode fornecer peças de aviões
Acordo de cooperação com fabricante eleita pela FAB existe desde 2009. (Págs. 1 e 12)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: BC muda regra de consignado para limitar troca de banco
O Banco Central vai modificar até o fim do ano as normas para a migração de empréstimos com desconto em folha. Pretende instituir uma multa a ser paga pelo banco que “comprar” o crédito de um concorrente. A ideia é fazer com que a instituição original mantenha o contrato até o fim, compensando, assim, a comissão paga ao intermediário. (Págs. 1, 18 e 19)
Gasodutos: ANP se prepara para 1º leilão sem a Petrobras
A Agência aprovou a resolução que limita a participação da estatal na construção de gasodutos. O primeiro teste será realizado até junho do ano que vem, com a concessão de trecho entre Itaboraí e Guapimirim, no Rio de Janeiro. (Págs. 1 e 7)
Crescimento: Indústria teme eleição
A CNI aponta o calendário eleitoral como uma limitação ao crescimento, por deixar “pouca liberdade para correção de rota”. (Págs. 1 e 8)
Doações: Brasileiro só leva a fama
Estudo mostra que a nação é a menos generosa da América Latina. Especialistas acreditam que faltam incentivos e sobra burocracia. (Págs 1, 4 e 5)
UE questiona práticas do Brasil junto à OMC
União Europeia considera que o governo brasileiro intensificou práticas de tributação discriminatórias, como o aumento do IPI de automóveis importados. A acusação foi refutada pelo ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo. (Págs. 1 e 10)
Caças: Presidente francês minimiza escolha feita pelo menor preço (Págs. 1 e 28)

------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: