PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

sexta-feira, janeiro 17, 2014

PIBINHO

#

Atividade econômica cai 0,31% em novembro, estima BC





A economia brasileira não sustentou a tendência de aceleração registrada em outubro do ano passado após o fraco desempenho do terceiro trimestre.
A atividade caiu 0,31% em novembro na comparação com o mês anterior, segundo estimativa do Banco Central medida pelo IBC-Br, indicador de atividade.

O número é pior do que a expectativa dos analistas. As previsões variavam entre queda de 0,1% a um avanço de 0,2%, baseado no desempenho pouco melhor do varejo no mês.

Também mostra a instabilidade no crescimento da economia no ano passado. O resultado de novembro representou o oitavo mês seguido de em que o índice alternou altas e baixas. Em outubro, havia subido 0,7%.
Apesar da volatilidade, o indicador do BC acumula expansão de 2,43% em 12 meses. A previsão do mercado para o fechamento do ano é de 2,30%.
Relatório do banco Bradesco nota que o resultado de novembro contrariou "a sinalização mais favorável apontada pelos indicadores de atividade, como as vendas no varejo e a produção industrial, cujos resultados até surpreenderam de forma positiva em novembro".
Apesar da queda inesperada, o banco preferiu manter sua expectativa de crescimento do PIB de 0,7% no quarto trimestre, após queda de 0,5% verificada no período anterior.
O IBC-BR foi lançado como uma espécie de "prévia" do PIB, cujo resultado oficial é divulgado trimestralmente pelo IBGE, com defasagem de cerca de dois meses. Os resultados, no entanto, nem sempre ficam próximos, o que reduziu a credibilidade do indicador do BC.
Segundo alguns analistas, a diferença ocorre porque o BC não usa o mesmo método do IBGE de ajuste sazonal – quando são descontados os efeitos típicos de cada período para permitir comparações entre meses e trimestres diferentes. 

Nenhum comentário: