PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

terça-feira, maio 20, 2014

ELEIÇÕES 2014: FICÇÃO PRÓ-PALANQUE

20/05/2014
PSDB abre fogo contra PT

Sob o comando de Aécio Neves e com fortes críticas ao governo, tucanos oficializam a candidatura de Pimenta da Veiga e do vice Dinis Pinheiro (PP) ao governo de Minas e a de Antonio Anastasia ao Senado

BERTHA MAAKAROUN ISABELLA SOUTO

Belo Horizonte — Com um discurso de campanha que mira os temas nacionais, faz críticas à "omissão do governo federal" em promover investimentos no estado e ataca a "ineficiência" administrativa do PT, foi lançada ontem, no ginásio do Cruzeiro Esporte Clube, a chapa majoritária do PSDB ao governo de Minas Gerais, em evento que reuniu, além do governador Alberto Pinto Coelho (PP) e o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, cerca de quatro mil pessoas entre prefeitos, vereadores, líderes regionais, deputados estaduais, federais e militantes dos 18 partidos que compõem a coligação.

Encabeçada pelo ex-prefeito de Belo Horizonte e ex-ministro das Comunicações Pimenta da Veiga (PSDB), foram anunciadas as candidaturas a vice-governador de Dinis Pinheiro (PP), presidente da Assembleia Legislativa, e do ex-governador Antonio Anastasia (PSDB) para a cadeira do Senado. A retórica discursiva da campanha estadual do PSDB está afinada com a candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República: reforça os símbolos de "mineiridade" e dá um tom nacional ao debate dos problemas que afetam o estado.

Críticas

Os pré-candidatos aproveitaram o evento para enfatizar a capacidade tucana de gestão e a necessidade de investimentos em infraestrutura, saúde, educação e transporte. Antonio Anastasia foi enfático. "Chega de corrupção, ineficiência e descompromisso", disse, em referência ao governo federal. "É hora da saúde, da segurança, da educação e do bom transporte."

Na mesma linha, o presidenciável Aécio Neves, último a discursar, afirmou que Minas Gerais está ao lado da "ética, seriedade e trabalho" e que sua eleição para presidente significará o fim do "nefasto aparelhamento da máquina pública". Aécio voltou a criticar a propaganda partidária do PT, veiculada nas emissoras de rádio e televisão desde a semana passada. As peças publicitárias do PT fazem referência a indivíduos que prosperaram e se "veem no passado" em situação adversa, sugerindo que, se a legenda não for reeleita, haveria um retrocesso social. "O PT assume um atestado de fracasso. O partido está há 12 anos governando o Brasil e ao final não tem nada a mostrar, a oferecer. O que tem é apenas o pessimismo e o medo", afirmou.

"O partido está há 12 anos governando o Brasil e ao final não tem nada a mostrar, a oferecer. O que tem é apenas o pessimismo e o medo"
Aécio Neves (PSDB), pré-candidato à Presidência

Nenhum comentário: