PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

segunda-feira, maio 19, 2014

''UM TIRO NA CABEÇA..." (ANÁLISE DO ATOR CARLOS VEREZA EM RELAÇÃO AMEAÇA AO MM. JOAQUIM BARBOSA)








-----
http://tribunadonorte.com.br/noticia/pf-investiga-ameacas-contra-o-presidente-do-stf/281683



PF investiga ameaças contra o presidente do STF




Escolhido para exercer o cargo de secretário de Organização do PT em Natal e integrar a Comissão de Ética do diretório estadual do partido, Sérvolo de Oliveira e Silva é investigado pela Polícia Federal (PF) por ter postado, em rede social, ameaça de morte ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa. “Você vai morrer de câncêr (sic) ou um tiro na cabeça”, escreveu o dirigente petista. Ontem, o presidente do diretório municipal do PT, Juliano Siqueira, informou que Sérvulo pediu desfiliação ao partido. 
Junior SantosSérvolo ocupou cargo de dirigente no diretório do PT em NatalSérvolo ocupou cargo de dirigente no diretório do PT em Natal

De acordo com reportagem publicada na revista Veja desta semana, a PF instaurou, a pedido da direção do STF, dois inquéritos que apuram denúncias de ameaças contra Joaquim Barbosa. Por intermédio de e-mail enviado à TRIBUNA DO NORTE, a assessoria de imprensa da PF confirmou a existência dos processos investigativos, mas devido à política institucional, afirmou que “não comenta investigação em andamento”.

No entanto, sabe-se que Sérvolo de Oliveira e Silva é um dos investigados pelos policiais federais. A PF no Rio Grande do Norte tentou ouvir Sérvulo, mas não conseguiu. A reportagem teve acesso a uma cópia do mandado de intimação nº 0940/14 enviado pela PFRN, no dia 24 de abril, à sede do diretório do Partido dos Trabalhadores em Natal.

O depoimento estava agendado para o dia 28 daquele mês, às 10h20. Porém, de acordo com o próprio Sérvolo de Oliveira, o PT só o informou sobre a notificação no sábado passado, dia 10 de maio. “Oficialmente, não fui citado. O PT de Natal  me sonegou a informação”, declarou.

Contra o Sérvulo, pesa o fato de que, ao comentar a decretação das prisões de José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoíno – todos condenados no processo do mensalão –, ele publicou ameaças contra Joaquim Barbosa, na rede social Facebook, utilizando um codinome. Na mensagem postada através do perfil “Sérvolo Aimoré-Bocotudo de Oliveira”, Sérvolo diz que Joaquim Barbosa é um “desgraçado que vai morrer de câncer ou um tiro na cabeça”. O ex-petista usa outros adjetivos contra o presidente do STF, entre eles, “infame” e “traidor”. Ainda segundo a mensagem, quem iria mandar matar Joaquim Barbosa seriam “amigos” do ministro. Para finalizar a mensagem, Sérvolo escreveu um recado: “Tire as patas dos nossos heróis!”.    

Ontem à tarde, o  presidente do PT Natal, Juliano Siqueira, disse que desfiliou Sérvolo de Oliveira da sigla partidária. A desfiliação ocorreu de forma incomum. Segundo Siqueira, depois que foi embora de Natal, Sérvolo teria enviado um e-mail para o diretório municipal questionando qual seria o procedimento para solicitar o desligamento do partido. “Ora, como um cidadão que era diretor do partido e fazia parte da militância há muito tempo não sabe como se desfiliar? Entendemos que o e-mail era, na verdade, o pedido de desfiliação. E assim fizemos”, contou.

O processo de desfiliação, ainda segundo Siqueira, ocorreu no início de abril passado e o partido não tem mais nenhuma relação com o caso em questão. “Ele não faz mais parte do partido”, disse. “Agora, terá que responder na Polícia Federal, não no PT”, completou. Apesar da informação do presidente municipal da sigla sobre a desfiliação, na página do diretório municipal do partido na internet, constava até ontem à noite, o nome de Sérvolo  de Oliveira e Silva como integrante da Executiva Municipal, no cargo de Secretário de Organização. 

Nenhum comentário: