PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

segunda-feira, junho 09, 2014

QUEM LÊ TANTA NOTÍCIA? (PARE O MUNDO QUE EU VOU AMAMENTAR!!!)

SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS

Sinopses anteriores:  
09 de junho de 2014
Correio Braziliense

Manchete: Reitor denuncia clima de guerra civil na UnB
Professores e servidores fazem protesto hoje, às 10h, contra mascarados que ocupam a Reitoria a quatro dias. Câmeras teriam flagrado atos de depredação na universidade, onde nos últimos dias houve até tiros e pessoas feridas em festas.

A Justiça determinou a reintegração de posse da Reitoria. Mas, até as 20h30 de ontem, quando se encerrou o prazo para a desocupação, cerca de 50 pessoas continuavam no prédio. Os encapuzados dizem que se trata de protesto para impedir a criminalização e o julgamento de oito estudantes acusados de vandalismo. Para o reitor, Ivan Camargo, o movimento é uma espécie de vanguarda do atraso que se espalhou por todo o país e hoje inviabiliza o funcionamento da UnB. Na hora da invasão, contou Camargo, câmeras flagraram uma “agressividade inacreditável” em um ambiente acadêmico. “Alguns seguiram para a minha sala e quebraram todas as portas”, descreveu. (Págs. 1 e 25)
Vaticano: Unidos em busca da paz
Em encontro histórico, o papa Francisco recebeu o líder palestino, Mahmoud Abbas, e o presidente de Israel, Shimon Peres, para rezarem. 0 pontífice pediu um esforço conjunto pelo fim dos conflitos. (Págs. 1 e 10)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Por terra, água e ar
Megaoperação, envolvendo mais de 9 mil agentes federais, estaduais e municipais, entra em campo para garantir a tranquilidade na Copa no RS. (Págs. 1 e Mundial 2014 8 a 23)
CPI da Petrobras: Suspeitas respingam sobre refinaria gaúcha. (Págs. 1 e Notícias 26)

------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: “Reforma política só sai por pressão da sociedade”
O ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, reconhece que há uma crise de representação, mas adverte que a reforma política não sairá por iniciativa do Congresso. Ao assumir o cargo em abril, ele precisou apagar o incêndio provocado por parte da base aliada na Câmara, insatisfeita com a falta de interlocução com o Planalto. Berzoini está confiante na reeleição de Dilma Rousseff, mas não na vitória imediata: "Eleição se decide no primeiro turno por acidente”. (Págs. 1 e P4 a 7)
Olhar de Alberto Ferreira
Parte do trabalho do premiado fotógrafo que flagrou grandes momentos do futebol brasileiro ficará exposta durante a Copa do Mundo no Palácio do Planalto, em Brasília. (Págs. 1 e P26 e 27)

Varejo: Fidelização no pequeno comércio
Beneficiadas pela queda dos custos de tecnologia, pequenas e médias empresas adotam programas de milhagem para conhecer melhor seus clientes e, com isso, alavancar as vendas. (Págs. 1 e P18)
Balanço naval: Conteúdo nacional vira polêmica em debate promovido pela Firjan. (Págs. 1 e P13)

Plano de negócios: Franquias espanholas chegam ao Brasil para conquistar setor de serviços. (Págs. 1 e P21)

Mobilidade: Com prazo até 2015, prefeituras deixam os planos para a última hora. (Págs. 1 e P12)

Comércio exterior: Com a terceira maior reserva de bauxita, Brasil passa de exportador a importador. (Págs. 1 e P14)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: Metroviários contrariam Justiça e mantêm greve
Tribunal julga paralisação abusiva, e Alckmin ameaça com demissão por justa causa.

Os funcionários do Metrô de São Paulo decidiram desrespeitar determinação da Justiça e continuar a greve nesta segunda-feira (9).

O Tribunal Regional do Trabalho julgou a paralisação abusiva e determinou o fim do ato, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.

A Justiça também estabeleceu que o reajuste da categoria seja de 8,7%, o mesmo percentual proposto pelo Metrô, mas abaixo do reivindicado (12,2%). Esse reajuste contrariou os grevistas, que aprovaram em assembleia continuar a greve, iniciada na quinta-feira (5).

“Há a Copa, o maior evento esportivo do mundo. Estamos num momento único. Há também eleições”, disse o presidente do sindicato, Altino Prazeres. Segundo os grevistas, a multa não inibe a paralisação, pois há a possibilidade de recorrer à Justiça para adiá-la ou anulá-la.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) ameaçou demitir por justa causa funcionários que não voltem ao trabalho. Haverá um ato de apoio à greve na estação Ana Rosa, com a participação do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto e do Movimento Passe Livre. (Págs. 1 e Poder A4)
Editoriais: Leia “O coletivo do trânsito”, acerca de desafios do transporte público em SP, e “Mais gás para o clima”, sobre combate ao aquecimento global. (Págs. 1 e Opinião A2)

Entrevista da 2ª: Fernando Abrucio
Recorde de indecisos mostra que 3ª via não se concretizou

O número recorde de eleitores sem candidato presidencial mostra que a terceira via —alternativa a PT e PSDB— não se viabilizou e que Eduardo Campos (PSB) ainda não encontrou um discurso, diz o cientista político Fernando Abrucio. (Págs. 1 e A14)

Aécio Neves: A chegada dos gêmeos parou o relógio da vida. (Págs. 1 e Opinião A2)

Abraço da paz 
Observados pelo papa Francisco, Shimon Peres, presidente de Israel, e Mahmoud Abbas, da Autoridade Palestina, cumprimentam-se em prece no Vaticano (Págs. 1 e Mundo A10)
Ida de jovens para o supletivo cresce e infla índices escolares
A ida de adolescentes para a Educação para Jovens e Adultos está crescendo. Matrículas de alunos de 15 a 17 anos nos anos finais do ensino fundamental da EJA subiram 6% de 2007 a 2013 — essa foi a única faixa etária que cresceu no período. A migração melhora índices escolares. Alunos na EJA não fazem avaliações externas nem entram em indicadores do ensino regular. (Págs. 1 e Cotidiano C1)
------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: