PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

segunda-feira, junho 22, 2015

QUEM LÊ TANTA NOTÍCIA?

SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS

Sinopses anteriores:  
22 de junho de 2015
O Globo

Manchete: PF indiciará presidentes de empreiteiras presos
Delegado diz que provas incriminam executivos de Odebrecht e Andrade Gutierrez

Preocupados, governo e PT discutirão em reuniões esta semana os impactos das investigações
O delegado Igor Romário de Paula, da Operação Lava-Lato, disse que os presidentes da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, além de outros dez executivos presos, serão indiciados pela PF esta semana, após serem interrogados. Segundo ele, as provas colhidas já os incriminam. As prisões preocupam o governo e o PT, que discutirão os efeitos da Lava-Jato em reuniões. A Odebrecht pediu habeas corpus para seus funcionários. (Pág. 3)
Em anúncio, Odebrecht diz que prisões são ilegais (Pág. 3)

Inadimplência em alta: Brasileiro ficará mais endividado
Quatro institutos que medem inadimplência preveem que os calotes vão crescer ainda mais até o fim deste ano. Só entre janeiro e maio, dois milhões de pessoas entraram para a lista dos que têm conta atrasada. No total, já são 56 milhões. (Pág. 17)
Agressão a senadores: Governo evitou afrontar Maduro
O embaixador do Brasil em Caracas recebeu ordem de não acompanhar os senadores brasileiros para não afetar as relações entre os países. (Pág. 23)
José Eduardo Agualusa
Qualquer pessoa deveria ter o direito de integrar o meio racial que desejar. (Segundo Caderno)
Antonio Gois
Chegada de imigrantes mais instruídos melhorou educação em cidades brasileiras. (Pág. 22)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Falta de vistoria e de manutenção ameaça pontes do Estado
Desde o início do ano, Daer analisou a situação de cerca de 40% das 850 pontes e viadutos sob sua responsabilidade. Das 317 já inspecionadas, 30 precisam de reformas urgentes. (Págs. 6 e 7)
Operação Lava Jato: Executivos presos devem depor hoje

Contas da União: “Dilma terá de responder por pedaladas”
Avaliação é do relator da contabilidade do governo de 2014 no TCU, ministro Augusto Nardes. (Pág. 11)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: "O jeitinho brasileiro não pode ser consagrado"
Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Sérgio da Rocha assumiu o posto disposto a marcar posição na vida política do país, com causas abraçadas pela sociedade. Uma das primeiras ações será tentar reverter a reforma política aprovada em primeiro turno na Câmara. “O financiamento de campanha é um ponto que necessita ser revisto”, diz. Para ele, a questão da corrupção precisa ser tratada de maneira ampla. “Temos que educar para uma postura mais ética”, lembrando que o delito, seja nas pequenas “malandragens” ou grandes esquemas, é sempre corrupção. (Págs. 4 a 7)
PIS/Cofins: Isenção no diesel gera perdas de R$ 13,8 bi
A medida aprovada pela Câmara à revelia do governo vai custar aos cofres públicos R$ 1,15 bilhão por mês. Justificada como uma forma de atender a reivindicações de caminhoneiros, a isenção beneficia proprietários de veículos leves movidos a diesel, que representam hoje 6,2% do total de licenciamentos do país. (Pág. 11)
Octávio Costa
Os tropeços de Dilma batem mais forte em Lula e nas suas pretensões para 2018. (Pág. 32)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: Dilma faz 'pedalada' fiscal mesmo sob a contestação do TCU
Tesouro mantém neste ano manobra questionada nas contas de 2014 e amplia em R$ 2 bi dívida com bancos

Contestada pelo Tribunal de Contas da União, a "pedalada" fiscal continua em uso pelo governo Dilma, informa Eduardo Cucolo. Uma das manobras para cobrir rombos consiste em atrasar repasse de verba do Tesouro para gastos com programas sociais e financiamento de investimentos a juros baixos.

O represamento melhora o desempenho do gasto oficial, mas Caixa e Banco do Brasil precisam usar recursos próprios. No primeiro trimestre, a dívida com os bancos cresceu R$ 2 bilhões.

O TCU criticou prática parecida nas contas de 2014 e exigiu explicação de Dilma antes de iniciar julgamento. Uma eventual e inédita rejeição dessas pode embasar impeachment da presidente.

A Secretaria do Tesouro não contesta as informações, mas diz que os repasses seguem a programação do orçamento. (Mercado 15)
Ricardo Melo
O problema não são as ‘pedaladas’, mas quem ocupa o cargo quando as usa. (Poder A6)
E-mail interceptado liga o ex-governador Sérgio Cabral com uma obra suspeita (Poder A6)

Odebrecht descarta delação premiada e questiona prisão preventiva de presidente (Poder A8)

Documentos mostram proximidade entre executivos e Lula, chamado de 'Brahma' (Poder A7)

Frio e improviso marcam o primeiro dia no cárcere de novo grupo de detidos (Poder A7)

Entrevista da 2ª: Phillipp Schiemer
Crise é a pior dos últimos 20 anos e tem causa interna

A crise atual é "a pior dos últimos 20 anos" e se deve a "problema doméstico", diz Phillipp Schiemer, CEO da Mercedes-Benz. "É o pior cenário: volume caindo, preço estável e custos aumentando. Estou espremido de todos os lados". A fábrica cortou 500 vagas em maio. (Pág. A14)
Deputados zapzap
“A hora de pressionar é agora que temos votações importantes”. A frase foi compartilhada em grupo de WhatsApp com 243 deputados de 1° mandato, relatam Natuza Nery e Ranier Bragon. Mensagens mostram briga por verbas. (Poder A4)
87% defendem idade penal aos 16, segundo Datafolha (Cotidiano B7)

Editoriais
Leia "Legalização sem temor", a respeito de prevalência do uso de maconha nos EUA, e "Tragédia grega", sobre futuro do país dentro da zona do euro. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: