PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

segunda-feira, junho 08, 2015

QUEM LÊ TANTA NOTÍCIA?

SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS

Sinopses anteriores:  
08 de junho de 2015
O Globo

Manchete: Conta cara: Custo de energia vai subir com novos leilões
Para atrair investidores, governo deve aceitar tarifa de produção maior.

Serão leiloados este ano até R$ 109 bilhões em projetos de transmissão e geração. Analistas já preveem reflexo na conta de luz.

A ampliação da oferta de energia não trará alívio para a conta de luz. O governo vai realizar este ano oito leilões de geração e transmissão de energia, com investimentos de até R$ 109 bilhões em obras durante cinco anos. Mas, para atrair investidores, deverá oferecer uma remuneração maior às empresas que tocarão os projetos, o que terá reflexo na conta de luz, dizem especialistas. A crise, a alta do dólar e as restrições nos financiamentos do BNDES devem reduzir o interesse das empresas. No último leilão de energia, em abril, a tarifa ficou em R$ 259,19 por megawatt-hora. Em dezembro de 2012, leilão do mesmo tipo teve preço de R$ 91,25 por MWh. (Pág. 17)
Sedes em xeque: Fifa ameaça copas de Rússia e Qatar
A Fifa admitiu ontem tirar da Rússia e do Qatar as Copas de 2018 e 2022 por suspeitas de compra de votos, disse Domenico Scala, alto dirigente da entidade. Segundo o "Sunday Times”, o FBI crê que Joseph Blatter participou de reunião em que foi acertada propina de US$ 10 milhões para levar a Copa de 2010 para a África do Sul. (Esportes)
Protestos ainda afetam políticos
Passados dois anos, governantes e Congresso não conseguem recuperar popularidade anterior às manifestações de junho de 2013. (Pág. 3)

Entrevista: ‘Estão nos controlando como nunca’
Thomas Brundegard, presidente da Associação Mundial de Jornais e Editores. (Pág. 18)
Biografias: Capítulo final
STF deve derrubar, na quarta-feira, a necessidade de autorização prévia do biografado. Advogado de Roberto Carlos tentará preservar o direito à privacidade. (Segundo Caderno)
Parada gay pede respeito e igualdade
Movimento diz que políticos e sociedade estão mais conservadores. (Pág. 21)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Sistema penitenciário: Redução da maioridade agravaria a superlotação
Medida em debate no Congresso Nacional transferiria perto de 1,4 mil jovens entre 16 e 18 anos para uma estrutura que já enfrenta déficit superior a 4,3 mil vagas no Estado. (Págs. 6 e 7)



Um deputado sob suspeita
Fantástico aponta caso de extorsão na Assembleia do RS. (Pág. 10) 
Caso Kiss ainda tem 7 processos
53 pessoas respondem na Justiça por causarem 242 mortes na boate. (Pág. 14)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete: “O presidencialismo de coalizão já terminou”
O ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro afirma que a aliança partidária responsável pela estabilidade do governo Lula perdeu a eficácia porque “o modelo de desenvolvimento que lhe dava racionalidade está superado”. A alternativa agora, segundo ele, é reestruturar uma frente política para garantir a sustentação no futuro. Este é o atual foco de suas preocupações. "É preciso criar um sistema de forças na sociedade, do empresariado, de setores médios e das classes trabalhadoras, no campo e na cidade, para se ter um novo ciclo de desenvolvimento", diz. (Págs. 4 a 7)
Vendas de seminovos sobem 33%
Em meio à crise da indústria automobilística, o mercado de veículos com até três anos de uso passou a ser a opção dos consumidores. Eles são atraídos pelo preço, 20% abaixo de um carro zero. (Pág. 11)
Informe NY
A impressionante história da corrupção na Fifa deve chegar a Joseph Blatter. (Pág. 27)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: Crise detém saída de domésticas do mercado
Proporção da categoria no emprego sobe após 7 anos; salário tende a cair.

A retração da economia brasileira interrompeu a queda da oferta de trabalhadores domésticos que vinha ocorrendo desde 2008.

Como proporção do total de empregados, a participação da categoria subiu de 6,1% em abril do ano passado para 6,3% neste ano.

Para o IBGE, embora a variação seja pequena, ela indica estabilização de um mercado em queda há sete anos. Nesse período, domésticos e novos trabalhadores vinham conseguindo empregos em outras áreas.

O achatamento da renda da classe média e o aumento recente dos encargos para a contratação de domésticos, por outro lado, podem afetar a demanda por esses profissionais e seus ganhos.

Segundo agências especializadas na área, há um aumento considerável no número de candidatas a domésticas e babás neste ano.

Empregadas que ganhavam até R$ 2.500 para dormir no emprego agora estão aceitando R$ 2.000. O piso da categoria em São Paulo é de R$905. (Folhainvest A17)
Entrevista da 2ª - Margrethe Vestager: Domínio do Google é abusivo e traz riscos
Margrethe Vestager, 47, comissária de competição da União Europeia, afirma ao correspondente Leandro Colon que o Google lesa a concorrência para favorecer seus produtos nas buscas.

Conhecida como a “dama de ferro” do bloco europeu, a dinamarquesa anunciou, em abril, uma acusação formal que pode levar a UE a multar o gigante de tecnologia em € 6 bilhões. (Pág. A16)
Monotrilho da linha ouro vira ferrugem em SP
Previsto para a Copa, o monotrilho da linha 17-ouro, em São Paulo, não ficará pronto nem na Olimpíada, em 2016, e incomoda vizinhos dos canteiros de obras com materiais corroídos e abandonados. O empreendimento é agora previsto para 2017 pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB). (Cotidiano B5)
Ibama tem só três barcos para vigiar 7.300 km de litoral (Ciência B9)

Editoriais
Leia “Lei e responsabilidade”, sobre projetos para limitar ação do governo nas estatais, e “Dividir e subtrair”, acerca de greve dos professores paulistas. (Opinião A2)

Fifa admite pela 1ª vez tirar Copas de Rússia e Qatar
O presidente do Comitê de Auditoria da Fifa, Domenico Scala, admitiu que a Rússia e o Qatar podem perder a chance de organizar as Copas do Mundo de 2018 e de 2022 caso se comprove suborno na votação para a escolha dos países. Autoridades da Suíça e dos Estados Unidos investigam o caso. Os dois países-sede negam irregularidades. (Esporte B3)

Pedidos de vistas travam decisões relevantes no STF
O Supremo Tribunal Federal tem 217 ações com julgamento interrompido por pedidos de vistas de ministros. Entre elas há questões de grande relevância, como a proibição do financiamento empresarial de campanhas. Levantamento mostra que só 1 de cada 5 pedidos do tipo é devolvido no prazo regimental. (Poder A4)
------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: