PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

segunda-feira, fevereiro 08, 2016

BANCOOP. ''SE VOCÊ FOSSE SINCERA/ Ô, Ô, Ô, Ô, AURORA..."


08/02/2016
 às 15:28 \ Opinião

Silvio Navarro: O álbum de Lula

Lula Bancoop - artigo Silvio

Arquivos pessoais sempre guardam imagens que a passagem do tempo torna irrelevantes. Com Lula é diferente. Os álbuns do ex-presidente abrigam dezenas de fotografias que adquirem mais sentido e crescem em importância no correr dos anos. Algumas, sem qualquer exagero, merecem ilustrar prontuários. A imagem acima é uma delas.
Clicada em maio de 2000, nela aparecem da esquerda para a direita o então bancário Ricardo Berzoini, o próprio Lula, Luiz Eduardo Malheiro (ex-presidente da Bancoop, morto em 2004) e João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT. Estavam juntos para comemorar o lançamento do Projeto Moradia da Bancoop, a cooperativa petista que virou caso de polícia.
Desde 2015 recolhido a um presídio destinado a assaltantes de cofres públicos, João Vaccari Neto chegou a acumular a administração das finanças do PT com o comando da cooperativa habitacional picareta. Naquela época, o triplex erguido para Lula pela Bancoop não tinha sequer saído do chão. O termo “mensalão” ainda não era verbete de dicionário. A Petrobras não fora saqueada para financiar um projeto de poder e enriquecimento pessoal. E Lava Jato identificava apenas estabelecimentos que limpam automóveis em poucos minutos.
Tão logo a cooperativa corrupta passou a frequentar o noticiário político-policial, a família Lula tentou livrar-se do apartamento. A fotografia com o amigo-presidiário talvez ajude a explicar esse inexplicável gesto de desapego patrimonial.
Não fosse a Lava Jato, é provável que os amigos estivessem posando juntos neste verão, à beira da piscina do triplex que já foi da Bancoop, que já foi de Lula, mas que agora não tem mais dono.

Nenhum comentário: