PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

terça-feira, março 08, 2016

Depois de ameaçar um país, Gilberto Carvalho faz mimimi


Depois de ameaçar um país, Gilberto Carvalho faz mimimi porque teria recebido um telefonema pouco amistoso

Eis o petismo na sua forma mais pura: ameaça, mas reivindica o estatuto de oprimido; intimida os que pensam de modo diferente, mas fala em nome da pluralidade; pede justiça, desde que esta atinja apenas seus adversários
Por: Reinaldo Azevedo  08/03/2016 às 7:41



E Gilberto Carvalho, quem diria?, depois de conceder uma entrevista em que ameaça o Brasil com o caos caso Lula tenha de responder na Justiça por seus atos; depois de afirmar que prender o chefão petista seria “brincar com fogo” — e notem que ele não disse que assim seria se Lula fosse preso injustamente —; depois de fazer acusações com base no puro achismo, esse mesmo Carvalho resolveu posar de vítima.
Leio na coluna “Painel” que ele teria recebido ameaças por telefone. Um homem teria ligado para a sua secretária afirmando que, se não parasse de “intimidar” os brasileiros, iriam “atrás dele”. O diálogo teria sido gravado.
Se isso aconteceu, é claro que não pode acontecer. Carvalho é poderoso o bastante para mobilizar a Polícia Federal para que busque chegar ao autor do telefonema. Já disse que a ameaça, a agressão, ainda que apenas verbal, em locais públicos, o arranca-rabo de rua, bem, nada disso é a minha praia; nada disso contribui para fazer um país melhor; nada disso eleva o padrão da civilidade política.
Dito isso, vamos nos lembrar, no entanto, quem está falando.
Carvalho se incomodou — e logo passou a informação para a imprensa — porque um indivíduo fez uma ameaça condicionada a um outro indivíduo. E é condicionada porque, notem lá, o acerto de contas só se daria se Carvalho não parasse de “intimidar” os brasileiros.
Intimidar os outros é mesmo coisa muito feia, como sabemos. O homem que ligou estaria dando a Carvalho a chance de se corrigir. A punição só viria se ele não se comportasse. Os especialistas sabem que esse não é o perfil de alguém que está realmente disposto a agir de modo criminoso. Esse vingador do bem só existe na ficção. Quem faz ameaças a sério não está interessado em que o outro se corrija.
Notável esse Carvalho! Ao receber uma improvável ameaça de alguém que só estaria tentando levá-lo a se corrigir, faz estardalhaço, acha um absurdo, chama a polícia. Mas ele próprio, em entrevista, não hesitou em ameaçar todo o povo brasileiro caso as investigações não fiquem do agrado de Lula.
Eis o petismo na sua forma mais pura: ameaça, mas reivindica o estatuto de oprimido; intimida os que pensam de modo diferente, mas fala em nome da pluralidade; pede justiça, desde que esta atinja apenas seus adversários.
Eu tenho um recado pra essa turma: isso não cola mais. Carvalho que venha a público se desculpar por ter ameaçado o povo brasileiro.

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/


Nenhum comentário: