PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

terça-feira, setembro 27, 2016

COM A MORTE DE SOMBRA, O ASSASSINATO DE CELSO DANIEL CHEGA AO DÉCIMO ÓBITO MAL EXPLICADO


COM A MORTE DE SOMBRA, O ASSASSINATO DE CELSO DANIEL CHEGA AO DÉCIMO ÓBITO MAL EXPLICADO

Após 5 dias internado, morreu, em 27 de setembro de 2016, o empresário Sérgio Gomes da Silva, popularmente conhecido como Sombra. A assessoria do hospital não soube informar a causa da morte. Nem seu advogado, que apenas informou que ele estava doente e veio a falecer. Com isso, o caso Celso Daniel chega à décima morte mal explicada – Sombra foi investigado como mentor do homicídio.
Além do próprio prefeito de Santo André, assassinado em 2002, morreram desde então:
·         Dionísio Aquino Severo
Ele sequestrou Celso Daniel e morreu apenas 3 meses após o crime. Oficialmente, teria sido vítima de uma “facção rival”.
·         Sergio, o ‘Orelha’
Teria ajudado a esconder Dionísio. Foi fuzilado ainda em novembro de 2002.
·         Otávio Mercier
Investigador da Polícia Civil, teve contato com o sequestrador na véspera do crime e foi baleado na própria casa.
·         Antonio Palácio de Oliveira
O garçom que serviu Celso Daniel na noite do crime. Foi morto em fevereiro de 2003.
·         Paulo Henrique Brito
Testemunhou a morte do garçom. Foi assassinado três semanas depois.
·         Iran Moraes Redua
Agente funerário. Identificou o corpo de Celso Daniel na estrada e chamou a polícia. Foi morto em novembro de 2004.
·         Carlos Delmonte Printes
Legista. Confirmou as torturas sofridas por Celso Daniel. Surgiu morto no próprio escritório em outubro de 2005.
·         Josimar Ferreira de Oliveira

Delegado, registrou a morte de Celso Daniel. Foi assassinado em janeiro de 2015.
Sombra havia sido inocentado recentemente, mas o caso se preparava para ser reaberto pela Justiça. Ele foi internado apenas 9 dias após Marcos Valério dar depoimento à Lava Jato sobre o caso.



Nenhum comentário: