PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).

"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).

"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1Radio 1455824919 nhm...

valor ...ria...nine

folha gmail df1lkrha

***

segunda-feira, outubro 10, 2016

DE ONDE VÊM AS PALAVRAS: CHEGOU A HORA DE A ONÇA BEBER ÁGUA

DE ONDE VÊM AS PALAVRAS: CHEGOU A HORA DE A ONÇA BEBER ÁGUA 

Deonísio da Silva e as expressões animalescas da língua portuguesa 

Por: Augusto Nunes  09/10/2016 às 11:03



deonisio1


A habilidade verbal dos brasileiros é coisa impressionante! Trazem facilmente os animais para a conversa.
Mas qual é a hora de a onça beber água? É a mesma de tirar o cavalo da chuva? Ou é quando a porca torce o rabo, pega-se o touro à unha e a vaca vai pro brejo?
A onça em questão será da mesma laia do Bicho de Sete Cabeças e de seu antiquíssimo pseudônimo, a Hidra de Lerna, nome da operação que a Polícia Federal lançou na semana passada, em busca de corruptos que, impedidos de roubar num lugar, logo estão roubando noutro, mas sempre da mesma vítima, o distinto público?
Não vamos pôr minhocas na cabeça! Somente alguém com espírito de porco e bafo de onça para duvidar de que chegou no Brasil a hora de a onça beber água. A Polícia Federal, o Ministério Público e o juiz Sérgio Moro que o digam.
“A hora de a onça beber água” é expressão para indicar, em poucas palavras, um momento decisivo e perigoso. Afinal, diz-se que a onça costuma beber água ao cair da noite. É a melhor hora de caçar o bicho. Mas ainda assim todo cuidado é pouco. A onça pode reagir!
Por isso, quando chega a hora de a onça beber água, os outros animais tomam cuidado. Os índios sabiam disso e não entravam na água nessa hora. Os primeiros colonizadores, não sabendo isso, serviram de pasto ao animal.
Onça também já foi nome de moeda de ouro. Mas hoje a onça de que trata esta crônica prefere dólar (risos).

Nenhum comentário: