PENSAR "GRANDE":

***************************************************
[NÃO TEMOS A PRESUNÇÃO DE FAZER DESTE BLOGUE O TEU ''BLOGUE DE CABECEIRA'' MAS, O DE APENAS TE SUGERIR UM ''PENSAR GRANDE''].
***************************************************


“Pode-se enganar a todos por algum tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; Mas não se pode enganar a todos todo o tempo...” (Abraham Lincoln).=>> A MÁSCARA CAIU DIA 18/06/2012 COM A ALIANÇA POLÍTICA ENTRE O PT E O PP.

----

''Os Economistas e os artistas não morrem..." (NHMedeiros).


"O Economista não pode saber tudo. Mas também não pode excluir nada" (J.K.Galbraith, 1987).


"Ranking'' dos políticos brasileiros: www.politicos.org.br

=========
# 38 RÉUS DO MENSALÃO. Veja nomes nos ''links'' abaixo:
1409662493
radio
a025f6a7

sexta-feira, junho 22, 2012

''PIPI-STOP''



CAI PRESIDENTE DO BANCO DO NORDESTE



INVESTIGADO PELO MP, PRESIDENTE DO BNB RENUNCIA
Autor(es): agência o globo:
O Globo - 21/06/2012
 
Jurandir Santiago é acusado de participar de desvio de R$ 3,1 milhões de verba para construir banheiros públicos no CE
Danilo Fariello
BRASÍLIA . O Banco do Nordeste (BNB), um dos principais instrumentos do governo federal para o desenvolvimento social da região, sofreu ontem um segundo abalo em menos de duas semanas. Jurandir Vieira Santiago renunciou ao cargo de presidente do banco, onde estava desde julho do ano passado, em meio a investigações do Ministério Público sobre sua responsabilidade no desvio de R$ 3,1 milhões de verba pública que seria usada para construção de banheiros públicos no interior do Ceará. Santiago era secretário de Estado no Ceará e assinou parte da liberação, para a cidade de Ipu, de verbas supostamente desviadas no evento conhecido como "escândalo dos banheiros".
Na semana passada, seu então chefe de gabinete, Robério Gress do Vale, havia sido afastado do banco depois que uma reportagem da revista "Época" apontou-o entre os investigados em um esquema de corrupção no banco que durou de 2009 a 2011. Robério teria favorecido, com facilitação de empréstimos, empresas de cunhados e amigos.
Santiago é ligado politicamente ao deputado federal José Guimarães (PT-CE). Em 2005, quando Guimarães era deputado estadual, um assessor seu foi preso em São Paulo com US$ 100 mil na cueca, dinheiro que também teria origem no BNB, segundo apurou inquérito na época. O episódio prejudicou ainda mais a situação de José Genoino, irmão de Guimarães e, na ocasião, presidente do PT, então envolvido com o mensalão.
Em entrevista ao portal G1, o advogado de Santiago, Hélio Leitão, afirmou em Fortaleza que a saída do seu cliente da presidência do BNB foi uma decisão particular, para "proteger a entidade e a família".
- Assim, ele terá mais tempo para preparar a defesa - disse o advogado ao portal.
O conselho de administração do BNB informou que substituiu dois diretores, Isidro Moraes de Siqueira e José Sydrião de Alencar Júnior, e transferiu outro, Stélio Gama Lyra Júnior, da diretoria administrativa para a de gestão. Assume a presidência interina do banco Paulo Sérgio Rebouças Ferraro, diretor de negócios.
Segundo nota do BNB, as alterações visam a "fortalecer a gestão do banco e o cumprimento de missões institucionais".
O Ministério da Fazenda participou da decisão sobre o BNB, uma vez que Dyogo Henrique de Oliveira, secretário-executivo adjunto do ministério, é presidente do conselho de administração do banco. Foi ao conselho que Santiago apresentou o pedido de renúncia.

Nenhum comentário: